Categoria: Linhas de Crédito

Autor:Fios e Cabos Engenharia

Linhas de Crédito BNDES

O BNDES oferece linha de financiamento destinada à modernização de equipamentos e adequação a NR12

O BNDES reativou este mês a linha Finame Moderniza BK, destinada à modernização de equipamentos. A linha é voltada para empresas de todos os portes e faturamentos, e vai ao encontro da necessidade da indústria de adequação à NR 12. O banco colocou à disposição R$ 500 milhões. O crédito estará disponível até 31 de março de 2016.

O Programa BNDES Finame de Modernização de Máquinas e Equipamentos está substanciado na Circular 37/2015, publicada pelo BNDES em 14 de setembro, podem pleitear financiamentos tanto os proprietários das máquinas quanto os prestadores de serviços de modernização. A forma de financiamento é indireta, feita por meio de agente financeiro.

Os itens financiáveis são serviços de engenharia e aquisição de peças e componentes (o valor das peças e componentes não poderá ultrapassar 40% do cobrado pelos serviços de engenharia e deverá respeitar o conteúdo nacional de 60%).

De acordo com o coordenador de Inteligência de Mercado da Fiero, Elmir Marques, a linha de crédito é uma excelente oportunidade para o industrial rondoniense em investir na modernização de sua empresa. “O financiamento facilita a incorporação de novas tecnologias que otimizem a performance das indústrias, gerando um aumento na capacidade de produção e da produtividade para a economia nacional”, explicou.

Condições de financiamento:

– Taxa de juros: TJLP (6,5% a.a.) + Remuneração BNDES (2,0% a.a.)+Taxa de Intermediação Financeira (0,1% a.a. para MPMEs e 0,5% a.a. para as demais)+Remuneração Agente Financeiro (a negociar);

– Participação do BNDES no financiamento: até 70% para MPMEs e até 50% para demais, com possibilidade de ampliação para até 90% a taxa de juros mais alta (baseada na SELIC);

– Limite do financiamento: mínimo de R$ 250 mil e máximo de R$ 20 milhões;

Serão admitidos financiamentos em valor mínimo de R$ 100 mil nas operações destinadas à conversão da máquina ou equipamento sem dispositivo de segurança para adequação aos requisitos de segurança do trabalho estabelecido pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT e pela Norma Regulamentadora nº 12 (NR 12) do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, e suas alterações.

– Prazos: até 48 meses no caso da empresa ser proprietária da máquina ou até 18 meses no caso do prestador de serviço de modernização.

O prazo de vigência deste Programa está previsto até 31 de março de 2016.

Para solicitar o financiamento o interessado deverá dirigir-se a Instituição Financeira Credenciada, com a especificação técnica do bem a ser financiado. A instituição informará qual a documentação necessária, analisará a possibilidade de concessão do crédito e negociará as garantias.